Destruindo completamente a teoria da conspiração da ida do homem a lua

Olá. Provavelmente ninguém sentiu saudade, pois nem audiência o blog tem. Enfim, esse post é só pra descontrair e resolvi voltar a postar aqui. Destruindo completamente qualquer “evidência conspiracionista” que o homem não tenha ido á lua. Só idiota não acredita, sério. Vão estudar!

1. Nas fotografias que temos da suposta aterrissagem na lua, existem duas fontes de luz, assim provando que uma das fontes era da luz do estúdio.

Destruição: Acho que um pouco de pesquisa faria bem, não? Enfim, com um pouco de estudo e pesquisa é bem fácil de saber que na Lua, não temos só o Sol de fonte de luz! O solo da lua é composto por elementos chamados de silicatos. Os silicatos do solo lunar brilham e refletem “mais ou menos” 70% da luz solar. Essa é uma estimativa e um palpite meu, então não são os dados reais. Mas o fato é que os silicatos refletem uma boa porção(mais que a metade) da luz solar, dando a impressão de duas fontes de luz diferentes! DESTROYED!

2. Os retrofoguetes do módulo lunar não deixaram nenhum tipo de marca no solo. Isso é uma discrepância muito burra por parte dos cineastas do filme!

Destruição: Antigamente, essa era uma das provas definitivas da não ida do homem á lua, apesar de já ter tido uma explicação plausível anteriormente. Porém, isso foi por água á baixo não muito tempo atrás(2008) quando uma sonda indiana chamada Chandrayaan conseguiu tirar uma fotografia da lua, e provando assim que uma das naves deixaram uma marca no soloDESTROYED!(imagem retirada do site Mensageiro Sideral, com seus devidos créditos)

3. O Cinturão de Van Allen bloquearia a passagem dos astronautas, por causa da radiação. Caso eles passassem por ele, teriam danos irreversíveis, sendo assim isso impediria a viagem á lua.

Destruição: O próprio James Van Allen tratou de avisar á NASA sobre o Cinturão de Van Allen. Os cientistas desenvolveram um traje que protegia contra a radiação, não só isso: Eles passaram tão rápido por ele que a quantidade de radiação absorvida foi completamente inofensiva. Só por curiosidade para os conspiracionistas: Para se matar alguém de forma instantanea, são necessários mais de 4.000 RG! Se não sabe o que é, vai estudar.

4. As rochas lunares trazidas pelos astronautas como prova da viagem podem ser encontradas na Antártica, o que significa que elas não valem como prova que eles foram a lua.

Destruição: Apesar de ser fato que rochas lunares poderiam ser encontradas na Antártica na época, a quantidade de rochas presentes lá não chega perto de se comparar com a quantidade de rochas trazidas pelos americanos. Os americanos trouxeram quase 400KG de rochas lunares somando todos os pousos bem sucedidos na lua (valor exato: 382 KG), enquanto as rochas encontradas até 2015 pela Antártica são 48KG, nem mesmo 20% do trazido pelos americanos  se quer. DESTROYED! Curiosidade: Os russos também trouxeram suas rochas lunares por naves não tripuladas, cerca de 326g de rochas lunares, pesando  0,66 libras no total. Os americanos, com seus 382KG pesando 826 libras, tem mais que MIL VEZES mais do que eles! O que também destrói o contra-argumento de os americanos terem trazido as rochas por missões não tripuladas(abandonando o argumento da Antártica)

5. Não existe nem mesmo uma única estrela nas fotos. Isso é tão repugnantemente idiotamente errado que é risível!

Destruição: Os conspiracionistas sempre usam isso como prova triunfante sobre cientistas que acreditam na ida a lua. Só tem um probleminha: O pouso aconteceu em uma manhã lunar. Não um dia ou noite lunar, como os conspiracionistas apontam triunfantemente. O sol, em manhã lunares, brilha de forma intensa. Por isso, as câmeras são configuradas para serem rápidas para que o sol não cubra os detalhes mais importantes, ou seja: Elas não capturam coisas muito brilhantes nas fotografias. As estrelas são brilhantes demais para serem fotografadas em uma manhã lunar. DESTROYED!

É isso. Pare de acreditar na não ida do homem a lua, acredite e não se faça de besta! Fui!

Anúncios

Asteroide se chocando com a terra em 2019? Não.

Depois de postar sobre o incrível besteirol do Asteroide de 2015, que foi super fácil de achar as fontes bestas crendicas(inventei palavra nova) e refutar a ”conspirasaum”(erro intencional) vim aqui postar sobre um suposto Asteroide que iria se chocar com a terra no ano de 2019.

Primeiro, não, isso não é uma crendice aleatória. Uma amiga minha no Twitter tinha até twittado sobre essa notícia. Resolvi investigar e talvez fazer um bom artigo pro blog. E então que eu consegui meus resultados.

O asteroide que foi possivelmente cogitado de impactar com a terra em 2019, foi o asteroide NT7. Segundo a NASA, haviam riscos bem concretos de impacto com a terra. Rolou até historinha de suicídio para escapar da morte – no ano de 2002, quando esse gigante havia sido descoberto – Uma pena q quem cometeu suicídio desperdiçou muitos anos de vida.

O asteroide NT7 não era realmente um asteroide em perigo de impactar com a terra – Sua posição fez a agência confundir e alertar sobre isso. Foi um achismo tolo por parte dela. O asteroide iria vir para a Via Láctea, isso era correto – Porém, ele não iria impactar com o Planeta Terra.

A NASA se corrigiu do achismo alguns dias depois – Dizendo que a chance de impacto era nula.

NT7 tinha sido cogitado a impactar com a terra, no dia 1 de fevereiro de 2019. O asteroide tinha cerca de 2 km de diâmetro – Não, ele não era largo. Não teria comparação alguma com um de 500km de diâmetro atingindo a terra.

Quando a NASA fez suas últimas observações sobre o asteroide(julho ou agosto de 2002) Concluiu-se que na data de 2019 o asteroide iria passar um pouco próximo da Terra, mas nem perto de atingi-la.

Porém, o cientista Don Yeomans disse que talvez, no ano de 2060, O asteroide iria se chocar com a terra(O NT7).

Ainda não podem descartar completamente o risco de um choque em 2060, mas aparentemente essa hipótese também será eliminada em breve.

É uma hipótese, como ele disse. A hipótese/palpite de Yeomans faz sentido, porém continua a ser palpite até que haja uma prova ou como ele mesmo disse, ”eliminar a hipótese”

Asteroide se chocando com a terra em 2015, o besteirol

Preparei 3 artigos para iniciar com o blog, e esse é o último que posto hoje.

Uma notícia ridiculamente divulgada – Asteroide se chocando com a terra dia 28 e 22 setembro 2015.

Primeiro, eu não vou nem medir esforços tentando ironizar a situação, já vou sentar a lenha nesse mito. Todo meio de ano aparece um mito novo. Em 2012 era o mito de que o mundo ia acabar, 2013 que Nibiru ia voltar(e já teve várias profecias de Nibiru, esse planeta fantasiado) E agora o mito de um Asteroide ”enviado por G-Zuis, o sinhô” que iria destruir a humanidade em 28 de setembro de 2015.

A teoria da conspirabosta encheu solta essa quarta sobre esse misterioso asteroide aqui, em Fortaleza  – CE. Os profetas do ”apocalipse do sinhô g-zuis” encheram a web com besteirol, vou desmentir essas bostas aqui e agora.

No ano de 2010, um padre/reverendo chamado Efrain Rodriguez disse que havia recebido uma mensagem de G-Zuis alertando que a terra iria ser atingida por um asteroide gigantesco, O asteroide iria gerar vários tsunamis e terremotos ao redor da América Central.

Eu não precisaria desmentir esse besteirol sem limites, pois a NASA já fez isso por mim! Ela confirmou que provavelmente asteroides não voltaram a atingir a terra em centenas de anos, desmentindo publicamente essa besteira vergonhosa. Antes que conspirabostistas venham encher o saco nos comentários que ”provavelmente” não é = certeza, Não existe nenhum asteroide/meteoro/cometa vindo em direção a terra ao redor das outras galáxias.

Até mesmo com a agência desmentindo a besteira, os conspiracionistas insistiram – ”A NASA está escondendo de nós, trabalhando com outros órgãos governamentais para esconder essas informações”.

Só de ver esse Efrain Rodriguez com a história de mensagens de Javé e G-Zuis pode se saber a falsidade desse boato.

A ridícula ”ciência” o Criacionismo / Refutando o criaidiotista, o Adauto Lourenço.

O criacionismo é uma pseudociência, na verdade crença religiosa,  que se taxa ”de igual para igual com a Evolução” e com analfabetismos científicos de rachar a cuca para alguém que entende da Evolução. A suposta ”ciência” se baseia nos escritos da Bíblia, aquele livrinho lá. A mesma ”ciência” que geralmente diz que o mundo tem 7 mil anos de idade, que os humanos viveram juntos aos Dinossauros, e comete falácias Ad Hoc todo dia, que diz que a Evolução é falsa e nunca conseguiu apresentar se quer uma prova científica que apontasse erros no ”Darwinismo”.

Posso citar aqui alguns criacionistas ridículos, como o Adauto Lourenço, que saindo um pouco da teoria da evolução, disse que o ”Big Bang não é fato, é teoria” em um vídeo, que atualmente acredito que esteja indisponível

Não fiquei surpreso ao saber que o tal do Adauto ai não sabia a diferença entre uma teoria, e uma teoria científica. Explicando aos leigos – Uma teoria científica é quando uma hipótese atinge seu grau máximo, e nenhum refereeing conseguiu derrubá-la, sendo assim, ela pode ser elevada ao grau de Teoria científica. Essa é a evolução, que já passou por diversos refereeing e é a teoria mais aceita e não possui nenhuma falha provada ainda.

Outra frase cômica dele é essa aqui ” Imagine que tenha ocorrido uma grande explosão a bilhões de anos atrás”. Pois é, ele se taxa de ”cientista”, dizendo que fez grau na Bob Jones University blábláblá, FAPESP sem lattes etc.. Continuando, ele cometeu um erro bem leigo – O Big Bang não foi uma explosão. Ele foi uma expansão. O universo já tinha uma espécie de existência – e então, algo ocorreu – tornando o Big Bang a começar a se expandir,.

No seu vídeo, Adauto compara a cosmologia com a inexistente e inventada provavelmente naquela hora ”Cosmologia criacionista”. Adauto diz que o universo era quente, bem quente no passado, até ai tudo bem, porém ele também diz ”Apenas alguns milhares de anos para ele ficar como é hoje”. Se ele realmente tivesse algum estudo em Biologia e cosmologia, ele saberia que o universo demorou bilhões de anos, e não ” apenas alguns milhares” como cita seu texto  com o diploma de ”Nota 10 em analfabetismo científico flagrante”

Acabando com a palestra inútil dele, ele começa a distorcer a 2 lei da Termodinâmica a seu favor, o que é tão ridículo que chega a dar dó.

A importância da Evolução – Parte 1

Saudações, eu sou Nicolas, o cara que posta aqui nesse blog. A alguns anos atrás, eu era um cristão, que acreditava no deus bíblico. Até que quando eu pesquisei pelo assunto da Evolução, achei o site de André Carvalho, dono dos sites Cet.net e cet.wordpress.com, Pois foi lá que vi a farsa que era a Bíblia e o deus bíblico. E recentemente comecei a estudar pelo assunto evolução.

Introdução

Como a maioria das pessoas sabem, a Teoria da Evolução é a teoria científica que explica como as espécies dos animais foram evoluindo até chegarem como são hoje – e como continuaram a evoluir – ela foi primeiramente apresentada por Charles Darwin, considerado o criador da Teoria da Evolução, em seu livro ”A Origem das Espécies.”, a primeira edição lançada no ano de 1859.

A evolução é fruto da Seleção Natural, e a teoria científica mais aceita no meio científico. As evidências da evolução são muito, muito extensas. Uma das mais conhecidas evidências é a fossilização.

O básico da teoria da evolução consegue invalidar completamente a Criação, pois o Criacionismo, a pseudociência que se baseia completamente nos escritos da Bíblia para tirar seus fundamentos, prega que as espécies sempre continuaram do jeito que estavam desde que foram criadas. O que é algo completamente ilógico.

Na época de Charles Darwin, ainda não haviam sido feitas experiências profissionais com o DNA, por tanto, só após vários anos que o DNA passaria a complementar a Evolução.

O DNA

O ácido desoxirribonucleico é uma parte do composto orgânico humano. O DNA contém a genética de um ser vivo,  coordenando o desenvolvimento de qualquer um destes. O DNA foi um grande avanço na Teoria da Evolução. Pois por meio dele conseguiu se fundamentar alguns conceitos, como por exemplo – uma bactéria não se cruza com um vombate, um ser humano não pode cruzar com uma oliveira, etc.

Parece simples, mas não é, tenha certeza disso. O conceito da ciência e do DNA são assuntos bem complexos, por isso, eu irei continuar em outra parte do artigo. Como já disse o André ”A ciência não se baseia em achismos”. Não, isso é coisa de criacionistas .

Fontes:

Ceticismo.net(agradecimentos a André, entre outros usuários do site)

F